MANIFESTO DA DIRECÇÃO: Este blogue “www.sortesdegaiola.blogspot.com”, tem como objectivo primordial só noticiar, criticar ou elogiar, as situações que mais se distingam em corridas, ou os factos verdadeiramente importantes que digam respeito ao mundo dos toiros e do toureio, dos cavalos e da equitação, com total e absoluta liberdade de imprensa dos nossos amigos cronistas colaboradores.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Idanha - Homenagem a M. André Jorge....

O Cavaleiro Beirão Manuel André Jorge, vai ser homenageado na Corrida a realizar de 6ª feira em Idanha a Nova, pela comemoração dos seus 50 anos de alternativa..

Nós vamos lá estar, Como não podia deixar de ser..







Meus senhores eu sou o TOIRO...


Meus senhores eu sou o cão


Resultado de imagem para cães mortos num canil

Vários poemas começam com “meus senhores eu sou…” e não sei qual o primeiro, se o que titula este texto se o igualmente célebre de Bocage, “meus senhores eu sou a água que lava…” este último bem obsceno por sinal.
Infelizmente dois dos grandes problemas da sociedade actual e que normalmente estão associados, são a incoerência e a hipocrisia.
Vem este preâmbulo a propósito das directivas que emanaram da comunidade Europeia e que foram aceites pelo nosso país sem comentários, tendo em vista a obrigatoriedade da castração de cães de raças ditas perigosas tendo como finalidade a extinção dessas raças, e ainda a noticia dada na imprensa, de que o canil de Santarém vai fechar, tendo como resultado o abate dos animais que lá estão.
Da parte da Protectora, da Animal e outras organizações congéneres não se ouviu uma palavra de protesto, uma iniciativa, qualquer coisa que possa impedir tais situações.
A essa gente só interessa o toiro, a extinção de raças de cães e o abate puro e simples de dezenas de exemplares dessa espécie, não lhes merece atenção.
Cada animal tem no mundo a sua missão a cumprir, veja-se os exemplos de cães de raças que querem extinguir, que foram verdadeiros heróis.

 O rotwaillerPopsicle, Cool K9!  ajudou os polícias a apreender cocaina na fronteira Mexicana - a maior apreensão de drogas alguma vez feita no Hidalgo, Texas.
O Sargento Stubby é o cão mais condecorado na história military, e o único a ser promovido a sargento durante a Guerra. Ele lutou por França na 26ª yankee division, durante 18 meses nas trincheiras,em17 batalhas. Stubby avisou os seus colegas soldados dos ataques de gás, localizou soldados feridos na Terra de Ninguém, e escutou antecipadamente disparos de artilharia que se aproximavam. Foi ainda  responsável pela captura de um espião alemão em Argonne. Foi por duas vezes ferido por estilhaços e regressou ás trincheiras onde continuou a cumprir as suas funções o que lhe granjeou a purple heart ( mais alta condecoração militar).
 Dakota é um Pit da equipa de elite de SAR (Search And Rescue) que já efectuou mais de 100 missões de salvamento entre as quais esteve no desastre do Space Shutle Columbia. Dakota .
Jack  foi o mascote dos 102 divisão de Infantaria Pensilvânia. Este soldado  bem confiável na sua unidade, entrou em todas batalhas desde a Virgínia até Maryland, esteve presente nas campanhas de Wilderness, Spotsylvania, e no cerco de Petersburgo.  Jack,  procurava os mortos e feridos de seu regimento muitas vezes debaixo de fogo. Ele próprio foi ferido gravemente na batalha de Malvern Hill. Escapou de uma captura pelos soldados confederados e sobreviveu à batalha de Antietam, em 1862, (em que 23 mil soldados foram mortos ou feridos),
Weela -  uma cadela apbt que recebeu a condecoração de cão Herói do Ano (1993) por ter salvo a vida de 30 pessoas, 29 cães, 13 cavalos e um gato durante  as fortes chuvas causadoras de cheias no Rio Tijuana.
Tahoe, Cheyenne, Dakota. Os três pit bulls trabalharam ininterruptamente nas operações de salvamento do World Trade Center e no Pentágono após 11/09.

 Milhares de exemplos poderíamos citar para reforçar a ideia da incoerência e hipocrisia dessa gentalha que deixa extinguir raças de cães, sem se manifestar (para já não falar na crueldade da castração), e que está tão preocupada com os toiros, uma raça que nasce e é criada para ser lidada, sendo mesmo a razão única de uma arte ancestral, que, quanto mais não seja,  dá ao toiro bravo o dobro da esperança de vida das outras raças da sua espécie.
Essa gentalha cobardola que só se manifesta, devidamente guardada, não compreenderá nunca, uma arte em que, como dizia Dr.Alvaro Guerra, repito uma arte em que, razão, coração, fé e superstição se fundem numa angustia a superar, e acrescento eu, e que não dá passo a cobardolas e frustrados.
Vou citar a titulo de curiosidade, parte de um poema fabulístico e travalinguas que todos conhecem:
Meus senhores eu sou o cão
Que morde o gato
Que papa o rato
Que roe o cebo
Que enceba a corda
Que prende o barco etc. etc. etc.

Perante o exposto, digo eu:

Meus senhores eu sou o toiro

Que investe na praça,

Que dá emoção,

Que colhe o toureiro,

Que derrama arte

E que inspira pintores,

Poetas e escultores, etc. etc. etc.

Essa gentalha incoerente e hipócrita  - interpretes toscos de Óperas Bufas - recalcados, que se estão marimbando para o destino dos cães, tentou há tempos boicotar a apresentação de um livro do Dr. Moita Flores no Porto (porque não em vila franca ou na Moita? ) só por este ser aficionado.

É um aviso… Caros leitores, não tratem essa gentuça enfrentando-os, como eu defendo desde o principio desta guerra, e depois queixem-se.