MANIFESTO DA DIRECÇÃO: Este blogue “www.sortesdegaiola.blogspot.com”, tem como objectivo primordial só noticiar, criticar ou elogiar, as situações que mais se distingam em corridas, ou os factos verdadeiramente importantes que digam respeito ao mundo dos toiros e do toureio, dos cavalos e da equitação, com total e absoluta liberdade de imprensa dos nossos amigos cronistas colaboradores.

sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Ant M Brito Paes - Recordar 2014...


Aqui está o exemplo de um cavaleiro merecedor que lhe abram outras portas...
























Nesta temporada finda, este cavaleiro continuou a ter boas actuações, lançando novos cavalos arranjados.

Porque será que não lhe dão mais oportunidades ? Para esta pergunta não encontro resposta...

Força Mia, o teu dia chegará...

2014 - Para recordar - Gilberto Filipe...

Gilberto Filipe afirmou-se como uma certeza..


Para este cavaleiro, esta foi a época da confirmação.
Depois de muito prometer desde amador, só na temporada de 2013 transmitiu a ideia de que o seu toureio era seguro.
Com um estilo próprio, afirmou-se este ano, vindo a obter triunfos em praças importantes, com um toureio pensado e sem precipitações.
A sua margem de progressão é ainda grande, bastando para isso que dê mais classe áquilo que faz.

Está no caminho certo e irá consolidar a sua posição...

Para amantes de Doma Vaquera...



Toiros - Colhida gravissima...



quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

2014 - Para recordar - Marcos Bastinhas...


O Marcos vai voltar com mais força e ilusão...



A época de 2014 foi madrasta para este cavaleiro, mas quem o conhece sabe que agora que está recuperado, vai voltar com ainda mais força.
Quem conhece a sua evolução, lembra-se dele em amador e praticante praticando um toureio mais clássico, montado no cavalo de ferro "Pinto Barreiros". Depois evoluiu para um toureio de mais emoção e espectacularidade e a sua margem de progressão ainda é grande.
Por tudo isto e por tudo o que tem demonstrado, espero e desejo~lhe uma época de 2015 em grande, como ele merece. Basta seguir o exemplo do Senhor seu pai para triunfar...

Força Marcos... 












2014 - Para recordar - Rui Salvador...


Rui Salvador comemorou 30 anos de alternativa com alma de toureiro..















O cavaleiro de Tomar encerrou-se com 6 toiros "Grave" na sua terra numa corrida memorável, e foi alardeando o seu toureio único por todas as praças por onde passou. A honestidade toureira, a valentia e a camaradagem com os colegas, foram constantes como sempre foram ao longo da sua carreira.
Eu que vi a apresentação em público deste toureiro, como vi a do seu filho (tenho um carinho especial por ele), penso que alguns companheiros se esqueceram de lhe brindar uma lide.
As atitudes passam e os grandes ficam...

Rui Salvador STR 8-6-2014

Para recordar - Temporada 2014...



Nesta crónica que publicaremos de 2ª a 6ª, iremos recordar aquilo que de mais positivo e negativo se passou ao longo da temporada 2014, sem que esta obedeça a critérios subordinados a triunfos... 

Estou a pensar não ir este ano á Golegã...


Tenho mais razões para não ir á Golegã, do que para ir...


Está á vista de toda a gente a extraordinária obra deixada pelo Sr. Dr. José Maltez, ninguém a contesta e todos tecem naturalmente justos elogios, mas a tradicional Feira de S. Martinho globalizou-se, com o que isso tem de positivo, mas também de negativo, já que as estruturas básicas são as mesmas e a tradição esbateu-se nos modernismos que atentam contra as recordações do passado.

A Feira hoje já não é popular, e se é verdade que a qualidade dos equideos melhorou substancialmente, já em termos de equitação, a qualidade, o saber  eo bom gosto foram sendo alterados em muitos casos, pela presunção "parvenue" dos alpinistas sociais, que enchem os alcatruzes da nora da vida, no movimento ascendente, nora essa que atravessa na horizontal todas as famílias. Lá diz o ditado : Não procures geração, porque encontrarás, puta, padre, paneleiro ou ladrão....

RAZÕES PRA NÃO IR À GOLEGÂ...

A "Água pé" e o abafado desapareceram quase por completo, dando lugar ás cervejolas, ao Whisky e mais recentemente ao Gin, que se bebe com tudo até com pepino. A Rainha mãe bebia diáriamente o seu gin sem nada dessas porcarias que lhe misturam hoje... mas era a Rainha Mãe...

As tascas que serviam dobrada,  bacalhau com grão e uns frangos á cafreal ou no espeto de duvidosa qualidade, têm hoje como sucedâneos os grelhados de carne de Arouquesa, Alentejana, Mirandesa etc... ou então os porcos empalados cujo o tempero melhora com a poeira levantada pelos caminhantes e pelo perfume dos cagados dos cavalos...

A falta de sitíos para as pessoas se sentarem para descansar, é notória como aliás sempre foi, com a agravante de que agora há muito mais gente e os lugares são os mesmos, e ainda por cima muita malta nova perdeu o respeito pelos mais velhos e alapam-se ás cadeiras a beber, a dormir e por vezes a vomitar sem se lembrarem de dar os lugares ás senhoras e aos mais velhos, com problemas nas ancas, nos joelhos, nas costas e noutros sítios que não devem ser chamados para este assunto.

O cheiro da merda dos cavalos é pestilento, nada comparado com o cheiro quase agradável da merda antiga, do tempo em que os cavalos não eram alimentados com rações compostas.

As noites são infernais, com uma mistura de bebados e bebedas, a que se junta música em altos berros, flamengo foleiro, ténis de todas as marcas, camisolas de Rugby, umas T'shirt's de uso feminino descaídas que deixam o ombro á mostra, bem como uma alça do soutien, normalmente com laivos de sujidade da boa. 

Actualmente já não se houve frases do genero: Apresenta-me a tua prima ou a tua amiga. Está quase tudo apresentado e a tutear-se, e muitos a comerem-se como se não houvesse amanhã.. 

Os urinois públicos são os mesmos mas com bichas maiores á porta e a urina a invadir todo o chão como se das cheias de Lisboa se tratasse. As das senhoras, não sei mas faço ideia....

Encontrar com quem falar de cavalos e equitação com propriedade e humildade é tão dificil como encontrar um "milho-rei" numa escamisada...

Os capotes Alentejanos que tinham as suas cores genuínas, foram adulterados por todas as cores. Só me falta ver os capotes com a marca á vista tipo "LACOSTE". Já há selas Azuis cueca, vermelhas e verdes...

Nas casas de comidas só há vinhos Alentejanos e do Douro, nada de vinhos ribatejanos...

As linguas Portuguesa, Alentejana, a Espanhola e mais tarde a Francesa, que se falavam na feira, deram origem a uma invasão de tantas outras linguas, que mais parece que a Golegã é uma "Torre de Babel"...  

A Golegã de hoje é ao contrário; a malta nova é que sabe...

Antigamente, quando comecei a ir à Golegã éramos levados na paixão pelos cavalos e pela equitação, e depois bebíamos uns copos e por vezes havia brigas.
Hoje em dia é ao contrário, a malta nova vai à Golegã para beber uns copos às vezes brigam e vêm passar uns cavalos.
Mudam-se os tempos... mudam-se as vontades.
Também eu, nos meus tempos de jovem, apanhava na feira - além dos cavalos - grandes "cadelas", mas havia um aspecto marcante em relação aos dias de hoje, que se resumia no facto de estarem menos meninas na feira do que acontece agora, e ainda por cima, as que lá iam eram ponderadas, recatadas, discretas e virgens. Hoje não é assim, tirando as excepções que sempre confirmam a regra.
Como devem imaginar não sou puritano, falo disto por invejoca..
Oh pessoal, embebedem-se, beijem-se, mamem-se, andem à porrada, porque eu só falo disto porque a minha idade já não me permite essas loucuras, porque doutra maneira eu era o primeiro, certamente... assim não irei ( a 1ª vez em 60anos) porque a feira tal como é hoje, pouco me diz...

Toiros - Impressionante....

quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Diego Ventura sofre acidente no campo...



Diego-Ventura-campo-abierto


El rejoneador Diego Ventura ha sufrido esta mañana una fuerte caída cuando entrenaba en su finca El Rincón de Diego que le ha ocasionado daño en la espalda y brazo izquierdo, aunque después de acudir al médico se ha comprobado que no sufre ninguna fractura.


Ventura ha acudido esta mañana al Hospital Virgen Macarena de Sevilla con un fuerte traumatismo en la espalda que se produjo al resbalar el caballo que montaba y caer hacia el lado izquierdo.

Muy dolorido, el rejoneador ha sido sometido a pruebas radiológicas que han descartado fracturas en muñeca izquierda, hombro, cervical y zona lumbar. Aunque sí han apreciado un fuerte latigazo cervical así como esguinces en la muñeca izquierda y la zona lumbar.

Los médicos le han recomendado reposo profesional, prohibiéndole montar a caballo hasta nueva orden.

Homenagem a J. M. Manzanares - Video...