MANIFESTO DA DIRECÇÃO: Este blogue “www.sortesdegaiola.blogspot.com”, tem como objectivo primordial só noticiar, criticar ou elogiar, as situações que mais se distingam em corridas, ou os factos verdadeiramente importantes que digam respeito ao mundo dos toiros e do toureio, dos cavalos e da equitação, com total e absoluta liberdade de imprensa dos nossos amigos cronistas colaboradores.

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

João Ribeiro Telles jr - Momento mágico..

FEIRA DA MOITA DO RIBATEJO...



A empresa da Moita, composta por João Pedro Bolota e Possidónio Matias (foto em baixo), deu hoje a conhecer a próxima feira taurina da Moita. Duas corridas mistas, uma novilhada e duas corridas à portuguesa marcam o certame. Cartéis já a seguir:

Dia 15 de setembro, segunda-feira, 22 horas - Corrida Mista

Cavaleiros: Duarte Pinto que lida dois imponentes toiros de Ernesto de Castro e a cavaleira praticante Mara Pimenta que lida um toiro de Passanha

Forcados Amadores de Coruche

Matadores: Sérgio dos Santos “Parrita” que comemora 10 anos de alternativa na sua terra e João Augusto Moura, que lidarão 4 toiros de Torre de Onofre


Dia 16 de setembro, terça-feria, 18 horas- Corrida Mista

Cavaleiros: João Moura Caetano e João Telles Jr na lide de 4 toiros de Passanha

Forcados Amadores da Moita e do Montijo

Matador: Pedrito de Portugal que lida 2 toiros de Falé Filipe

Dia 17 de setembro, quarta-feira, 18 horas: Novilhada a favor da Escola de Toureio da Moita. 6 Novilhos gentilmente oferecidos por diversos Criadores de Toiros de Lide

Dia 18 de setembro, quinta-feira, 22 horas- Corrida à Portuguesa

Cavaleiros: Rui Fernandes, Vítor Ribeiro e João Moura Jr

Concurso de Ganadarias (Sorteio): Lopes Branco, António Silva, Veiga, Passanha, Santa Maria e Romão Tenório

Forcados Amadores do Aposento da Moita

Dia 19 de setembro, sexta-feira, 22 horas- Tradicional Corrida do Fogareiro

Cavaleiros: Joaquim BastinhasLuis RouxinolSónia MatiasFilipe Gonçalves Gilberto Filipe e Manuel Lupi

6 toiros de Benitez Cubero

Forcados de Santarém e Alcochete

Os bilhetes serão colocados à venda durante a próxima semana para que com tempo os possam adquirir havendo preços populares desde 10 euros

Rui Fernandes - Momento mágico...

Montemor vai ser como sempre "Praça cheia"...

5ª feira no Campo Pequeno mais uma fabulosa de verão...

Este ano a empresa está a reeditar as famosas "Fabulosas de Verão" que fizeram história noutros tempos...

João Maria Branco toureia em Montemor...


Segundo notícia o "diariotaurino" o jovem cavaleiro depois de anunciar com pompa e circunstância que suspendia a temporada, toureará em Montemor, não descartando a hipótese de tourear mais corridas esta temporada...

Justificações estúpidas...


Morta pelo marido á facada, por não pôr moelas na Canja..


Tudo na vida tem uma explicação ainda que muitas vezes esta seja completamente idiota.
Este titulo foi sacado de um jornal diário que se espremer-mos as folhas deita sangue, e no desenvolvimento desta notícia ficámos a saber que a resposta que o assassino deu no interrogatório quando lhe foi perguntado porque esfaqueou a mulher. foi esta : "Dei-lhe umas facadas porque a minha mulher se esqueceu de pôr moelas na canja".
Também sou de opinião que canja sem moelas não é canja, mas daí até esfaquear a companheira vai uma enorme distância...

Um Toureiro Francês da Camarga chamado ZUCARELI, conhecido de muitos Portugueses, justificou uma péssima actuação em BAYONE com o facto dos seus cavalos não se darem bem com os ares do Atlântico...

Muito mais casos de justificações estúpidas podia citar, mas fico-me pelos casos das praças com pouca público, situações sempre atribuídas estúpidamente á crise, ao frio, ao calor, a tudo possivel e imaginário e nunca á falta de força dos toureiros... que é a única razão verdadeira, da mesma maneira que a verdadeira justificação para as facadas que o tipo deu á mulher é ser um assassino, e no caso do Zucareli ter estado mal em Bayone prende-se só com o facto de este ser um romãntico mau toureiro...

Morreu Manuel Malta da Costa..


Manuel Malta da Costa foi absolvido "por inexistência de indícios"

Manuel Cardoso Malta da Costa, a maior referência Portuguesa da equitação de obstáculos, deixou-nos para sempre deixando muito mais pobre o mundo da equitação Nacional.

terça-feira, 19 de Agosto de 2014

A palavra de um Ex Antitaurino - Brilhante...

Diario de un ex Anti Taurino: 

20130727-154947.jpg

Yo era un anti taurino profesional o así me veía, forme parte de grupos de animalistas que ciegamente protestábamos contra las corridas de toros, hasta que un día comenze a estudiar el tema mas a fondo.

Me reuní con taurinos y anti taurinos de América Latina y Europa. Comprobé que muchas de las teorías que defendía eran falsas y también les comprobé a algunos taurinos que las suyas de igual manera estaban equivocadas.

Tras años de estudio llegue a la conclusión que ninguna de las dos partes esta en lo cierto, pero que los animalistas habían caído en la mentira y en la falsedad desde hace muchos años por ignorancia, radicalismos y falta de estudio.

Si bien al día de hoy me siguen sin gustar las corridas de toros, ya no estoy en contra de ellas, he aprendido a respetarlas, ya que he comprobado que hay otros males y problemas mucho mas importantes para los animalistas que las corridas de toros y que ellos por holgazanería y poco talento no se atreven a tocar.

Hoy lo digo públicamente no soy anti, mas tampoco estoy a favor, pero si estoy en contra de notas que se publican en los medios como la que a continuación les mostrare, porque pienso que estás personas desvirtúan a todos los animalistas y anti taurinos del mundo.

Hugo Conti.

Guadalajara, Jalisco.



João Mora Caetano - Momento mágico...

Nuno Vinhais - A despedida de um SENHOR...


Sempre tive e continuarei a ter uma consideração muito especial por Nuno Vinhais. Este homem deu sempre á FESTA e á forcadagem em especial um exemplo de dignidade, bom senso, cordialidade, correção e saber estar, que o tornaram um caso.
Tudo tem um fim, e esta despedida não foje á regra. O seu exemplo vai ficar bem como a sua presença discreta, que marcou a sua vida de forcado e cabo dos Amadores das Caldas.

Obrigado Nuno pelo que legado que ofereceste ao nosso mundo do oiro..

João Augusto Moura - Momento mágico...

Francisco Cortes - Momento mágico...

Crónica da Nazaré...

Triunfo do ganadero José Palha..


Um excelente curro permitiu que todos os toureiros estivessem ao seu melhor nivel.

JOAQUIM BASTINHAS

Dois óptimos compridos, os melhores da corrida, destacam-se numa actuação convincete a que não faltou o celebre par a duas mãos.

LÚÍS ROUXINOL

Numa actuação brilhante, sobressaiu uma impactante série de curtos montado na Viajante.

MARCO JOSÈ

Tocou-lhe o toiro menos bom ( no fim da lide  refugiou-se em tábuas), mas mesmo assim conseguiu ferros  
de valor com o Girassol, terminando com um violino daqueles que só ele executa entrando ao piton.

TITO SEMEDO

Mostrou uma vez mais estar no melhor momento da sua carreira. Curtos com emoção com batida ao piton contrário, e um remate de lide com alegria num reportório apropriado, formaram a ementa que serviu ao público no dia do seu aniversário.

TOMÁS PINTO

Uma das melhores actuações que lhe vimos, numa noite em que a seriedade do toureio marcou presença em grande.

LUÍS ROUXINOL jr

Este jovem toureiro só é um caso para quem não o acompanhou desde o seu principio como nós.
Senhor de um conceito com a matriz de seu pai, impressionou pela segurança. É bom não esquecer que a sua margem de progressão é enorme...

FORCADOS:
Os Grupos de LISBOA e CASCAIS suplantaram as dificuldades que não sendo muitas foram as suficientes para pôr á prova a coesão dos caras e dos ajudas.    

5ª feira - Campo Pequeno..

Manuel Dias Gomes - Momento mágico...

segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

Triunfo de Manuel Dias Gomes....

M. Dias Gomes cortou uma orelha em Alfaro, com forte petição da segunda, na praça onde já tinha triunfado na passada temporada.

Pedro Caldeira Grp Ap da Chamusca - Colhido em França..

Pedro Caldeira, filho do nosso amigo Raul Caldeira, nesta foto com seu pai..



Pedro Caldeira foi colhido em França tendo ficado hospitalizado em Marselha onde foi operado, mas encontra-se bem. dentro de dias regressa a casa.

Ao Pedro e ao Raul, "sortesdegaiola" envia um Grande e forte abraço.

Crónica de MONFORTE


Triunfo forte e indiscutível de Moura Caetano
















Com três quartos de casa assistiu-se a um bom espectáculo para o qual muito contribuiram os toiros de "Telles Branco".

JOÃO MOURA

Com as limitações da quadra actual, tanto mais que o seu filho Miguel toureava a mesma hora em Espanha, tentou suplantar as dificuldades com entrega e o saber de expeiencia feito. Conseguiu-o por vezes, animando o seu público...

FRANCISCO CORTES

Com duas lides distintas conseguiu uma tarde de mérito, confirmando o bom momento que atravessa.
No seu primeiro toiro destacou-se na emoção de ferros a quiebro bem conseguidos, montado num cavalo novo que muito promete. No 2º toiro que lhe coube em sorte, apresentou um toureio antigo baseado no movimento, em que com dois ferros em terrenos cambiados empolgou a assistência.
Que pena tourear tão pouco...

J. MOURA CAETANO

Com a melhor quadra de cavalos do País, triunfou naturalmente. Há dias triunfou no "Chispa" em Setubal", ontem triunfou no "Belmonte" que neste momento é indiscutivelmente a estrela da companhia, para já não falar no "Temperamento".
Ontem recebeu o 1º com o "ARAMIS" e o 2º com o "Zidane" sempre de praça a praça dando todas as vantagens aos toiros. Nas Bandarilhas, dos 3 craques, sobressaiu o Belmonte, nos galopes em duas pistas, nos recortes, nas passagens de mão, na classe, no emotivo momento de sorte, tudo isto consubstanciado no arranjo padronizado em todos os cavalos da casa, que conduz á magia do TEMPLE que se reflecte mesmo no momento do ferro em que os cavalos absorvem com suavidade a investida dos toiros.
 Moura Caetano, demonstrou estar num grande momento reconhecido por toda a gente...

FORCADOS : O Grupo da terra encerrou-se com os seis toiros e fê-lo com dignidade e eficiência...

Crónica da AMARELEJA


Triunfos de Paulo Jorge dos Santos e da Ganadaria "Murteira Grave"



Numa tarde quente e com meia praça assistiu-se a uma corrida em que os toiros para cavalo de Herds de jaine Herculano sairam sonsos.

JÕÃO MOURA

O maestro de Monforte toureava nesse mesmo dia á noite em Alcochete, e se já não está bem montado como noutros tempos da sua carreira, mais dificuldades teve ao partir a "Quadra".
Só a sua grande experiencia e entrega puderam levar as duas lides á dignidade.

PAULO JORGE DOS SANTOS

Duas boas actuações com reportório variado, em que destacamos os ferros a quiebro no 1º toiro.
Já o dissemos várias vezes : Este toureiro merece mais e melhores oportunidades...

PACO VELLASQUEZ

Depois de o ter visto na sua apresentação em Riachos fiquei com curiosidade de o voltar a ver.
Desta vez voltou a apontar coisas boas.

FORCADOS : Os Grupos de Lisboa e Povoa de S. Miguel tiveram uma tarde tranquila. Destaque para o GFAL que com duas pegas á primeira iniciou uma maratona de 3 corridas seguidas..

Hervas - Moura Caetano ...


Dar mais vantagens aos toiros é impossivel...


Afinal, o que é tourear?



Qualquer um poderá colocar a questão, após o que se passou em Hervás, onde com duas atuações de génio, João Moura Caetano, viu-se privado dos trofeus máximos no segundo que lidou.

No que lidou em primeiro lugar, Caetano rubricou uma lide muito séria, face a um perigoso Carmen Lorenzo, que se pós bruto com o luso e o obrigou a apresentar a sua carteira profissional de cavaleiro Tauromáquico. Caetano não se intimidou, e se lidou bem nos rojões de castigo, dando distâncias, na ferragem curta andou determinado e com entrega, cortando os dois apêndices.

O que fechou praça, foi uma demonstração do que é tourear a cavalo, só ao alcance dos eleitos e possuidores de um Temperamento, ou, e sobretudo de um, Belmonte.

Cátedra de toureio, foi o que aconteceu em Hervás, e onde injustiçado foi o Caetano (mais uma vez), apenas com uma orelha, e onde o público insistentemente pedia duas, e alguns até o rabo, tal não foi a qualidade da lide e a certeza do rojão de morte.

Marco António Gomes

A não Perder - Veja hoje no "sortesdegaiola"......


Crónicas de Amareleja, Malveira, Nazaré e Monforte...